1 de maio de 2022

Rogério Marinho deve perder apoio de mais de 30 prefeito do MDB

 

Pré-candidato a senador, o ex-ministro Rogério Marinho, do PL de Bolsonaro, segue colecionando erros na articulação de sua campanha.

Além de focar seu discurso contra a governadora Fátima Bezerra (PT) para agradar Bolsonaro, poupando o seu real adversário que é o pré-candidato a senador Carlos Eduardo Alves (PDT), agora trabalha para perder apoio de mais de 30 prefeitos.

Prefeitos do MDB voltaram de Brasília, onde aconteceu a Marcha dos Prefeitos, irritados com o assédio do rogerismo para que eles não votem mais no ex-senador Garibaldi Filho (MDB) para deputado federal, transferindo o apoio para o ex-governador Robinson Faria (PL).

Uma articulação que teria partido do ministro Fábio Faria (PP).

O rogerismo estaria cobrando dos prefeitos a total fidelidade por causa do apoio financeiro que Rogério, como ministro, teria empenhado aos municípios.

Com isso grande parte da prefeitada verde tende a abandonar o barco de Rogério. e até denunciá-lo por abuso de poder econômico e político, caso o empenho feito aos municípios pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, seja retirado.

Porque Ministério não pode e não deve atuar somente para aliados.

Os prefeitos do MDB também não estão achando a menor graça o discurso de Rogério contra Fátima – e não contra Carlos – porque o ataque à governadora, não deixa de ser também um ataque ao vice na chapa de reeleição, deputado Walter Alves, presidente do MDB.

FONTE: thaisagalvao.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário