18 de março de 2022

Ministério Público e TCU entram com ação contra Moro para investigar sua atuação na Lava Jato



Ontem,  quinta-feira (17), Lucas Rocha Furtado, subprocurador-geral do Ministério Público, junto ao TCU (Tribunal de Contas da União), entrou com com uma queixa contra o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública e ex-juiz Sergio Moro (Podemos). A representação busca investigar  falhas na atuação do presidenciável durante sua atuação na Lava Jato.

A averiguação também investigará os problemas relacionados a impactos financeiros e econômicos negativos para o Brasil durante e decorrente do julgamento realizado pelo ex-ministro. Vale ressaltar que as sentenças alcançadas durante as sessões foram posteriormente suprimidas na alçada da Lava Jato.

O subprocurador-geral tem como base para a elaboração de sua solicitação os valores que foram perdidos e eram decorrentes de arrecadação tributária, essa vinda da Odebrecht. Furtado levanta ainda a questão dos custos relacionados as operações e os salários das pessoas envolvidas, entre elas o próprio ex-juiz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário