28 de janeiro de 2022

O Ministro Alexandre de Moraes ordena que Bolsonaro preste depoimento à Polícia Federal hoje



 O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou que o presidente Bolsonaro (PL) compareça pessoalmente à Superintendência da Polícia Federal, hoje, sexta-feira (28).  Ele deverá prestar depoimento sobre vazamento de documentos sigilosas em uma das investigações da PF.

A Advocacia-Geral da União (AGU) havia enviado um pedido para que Bolsonaro não comparecesse ao depoimento, que se venceria na próxima sexta-feira. No entanto, Moaraes não atendeu e pediu que o presidente comparecesse pessoalmente no dia e horário marcados.

“Em momento algum, a imprescindibilidade do absoluto respeito ao direito ao silêncio e ao privilégio da não autoincrimnação constitui obstáculo intransponível à obrigatoriedade de participação dos investigados nos legítimos atos de persecução penal estatal ou mesmo uma autorização para que possam ditar a realização de atos procedimentais ou o encerramento da investigação, sem o respeito ao devido processo legal”, escreveu o ministro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário