12 de novembro de 2021

Gilberto Gil, novo "imortal" da Academia: "Presença dos negros ainda é pequena"

 

Eleito novo membro da Academia Brasileira de Letras nesta quinta-feira (11), o cantor, compositor e ex-ministro da Cultura (de 2003 a 2008) do Governo Lula, Gilberto Gil pensa em levar adiante o "projeto histórico" da instituição.

"A academia vai ter o auxílio de pessoas como eu e como Fernanda Montenegro e outros acadêmicos já instalados e comprometidos com a vida cultural brasileira. Espero que a gente consiga levar o projeto histórico da ABL adiante”, afirma o novo “imortal” em entrevista ao Globo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário