27 de abril de 2021

STF determina que governo federal comece a pagar renda básica a partir de 2022

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta segunda-feira (26) determinar que o governo federal defina o valor de uma renda básica nacional para ser paga às famílias em condições de extrema pobreza no Brasil, com renda pessoal inferior a R$ 178 mensais.O benefício social deverá ser pago para atender às despesas mínimas de cada pessoa com alimentação, educação e saúde. A Corte determinou que o governo federal inicie os repasses em janeiro do próximo ano. As informações foram publicadas pelo jornal Folha de S.Paulo.

O placar do julgamento foi sete a quatro. Os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Alexandre de Moraes, Cármen Lúcia, Luiz Fux, Kassio Nunes Marques e Luís Roberto Barroso formaram a maioria.

Os ministros Marco Aurélio, Edson Fachin, Rosa Weber e Ricardo Lewandowski votaram para que o programa fosse iniciado imediatamente e transferisse um valor equivalente ao do salário mínimo, atualmente fixado em R$ 1.045.

Gilmar Mendes defendeu que determinar o pagamento imediato da renda básica atrapalharia outros programas sociais em andamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário