1 de abril de 2021

Cuba pode se tornar uma potência de vacinas contra o coronavírus

 


247 - Cinco vacinas candidatas estão se desenvolvendo, duas em estágio final de testes com o objetivo de uma implementação mais ampla até maio. Se bem-sucedidas, as vacinas seriam um feito de proezas médicas contra todos os prognósticos, bem como um golpe de relações públicas para um país isolado de 11 milhões de habitantes.

As autoridades cubanas dizem que estão desenvolvendo soros baratos e fáceis de armazenar. Eles podem durar semanas em temperatura ambiente e em armazenamento de longo prazo até 46,4 graus, tornando-os potencialmente uma opção viável para países tropicais de baixa renda que foram deixados de lado por nações maiores e mais ricas na disputa internacional para vacinas contra o coronavírus.

Poderiam também fazer de Cuba a farmacêutica das nações agrupadas por Washington no "Eixo do mal" e na "Troika da tirania". O Irã e a Venezuela assinaram acordos de vacinas com Havana. O Irã concordou em sediar um teste de Fase 3 de um dos candidatos mais promissores de Cuba, a Soberana 02, como parte de um acordo de transferência de tecnologia que pode gerar milhões de doses fabricadas no Irã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário