11 de dezembro de 2020

Governo inicia nova entrega de alimentos aos 217 mil alunos da rede estadual



 O Governo do Rio Grande do Norte iniciou a terceira distribuição dos kits da alimentação escolar. Na maior operação logística da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC), mais de 2,1 milhões de quilos de alimentos serão entregues às famílias de 217 mil estudantes que compõem a rede estadual de educação. Para que a entrega ocorra em todo o estado, a distribuição é dividida em etapas, que atenderão às 16 Diretorias Regionais de Educação e Cultura (Direc) até janeiro de 2021. Nesta ação são investidos R$ 13,6 milhões, oriundos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Para que toda a logística fosse testada, a primeira regional a receber os kits foi Macau, ainda no mês de outubro. Os alunos das regionais de Caicó, Assu, Mossoró, Apodi, Umarizal e João Câmara começaram a receber em novembro. Os estudantes das escolas situadas nas regionais de São Paulo do Potengi, Ceará-Mirim, Santa Cruz, Currais Novos, Mossoró, Parnamirim e Pau dos Ferros receberão as cestas até o final de dezembro. A última entrega será aos estudantes das escolas estaduais na Direc de Natal, a ser realizada em janeiro de 2021, em razão do alto volume de alimentos e disponibilidade de estoque dos fornecedores.

"Essa ação mostra o compromisso do Governo em dar segurança alimentar para os nossos alunos, que estão recolhidos desde o começo do ano devido a pandemia. É um esforço de investimento e de logística que a Secretaria de Educação está conduzindo com toda a atenção, garantindo a alimentação dos alunos, além do incentivo à agricultura familiar com a inclusão de sua produção nos kits", ressaltou a governadora Fátima Bezerra.

Cada kit é composto por produtos que fazem parte da mesa do potiguar, como feijão, arroz, macarrão, açúcar, flocão de milho, e pesa cerca de 10 kg. Os itens da cesta foram aprovados pela equipe técnica de nutricionistas da Subcoordenadoria de Assistência ao Educando (Suase), que, entre outros fatores, leva em conta a qualidade nutricional, respeitando os hábitos alimentares e a cultura local, e as necessidades nutricionais básicas para o cotidiano.

“Estamos realizando mais uma grande entrega. Chegamos a essa distribuição com o êxito de ter entregado mais de 230 mil kits em outras duas oportunidades. Mobilizamos toda nossa equipe para esse momento”, frisa Getúlio Marques, titular da SEEC.

INCENTIVO

Dando continuidade a uma prática realizada na entrega anterior, mais de R$ 3,6 milhões estão sendo investidos na compra dos itens alimentares provenientes da agricultura familiar. Com isso, além de fortalecer diversas cadeias produtivas, a presença da agricultura familiar garante uma diversidade de itens nos kits, que mudam de acordo com a localidade. Por exemplo, na região Oeste o arroz vermelho fará parte dos kits, já em Natal entrará o leite em pó. No Seridó, bebida láctea chegará à mesa dos estudantes. A polpa de frutas que será ofertada aos alunos também é fruto do trabalho de homens e mulheres do campo. A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf) é parceira nessa ação.

A presença da agricultura familiar nos kits de alimentação escolar no RN foi elogiada pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), durante webinário realizado pela instituição onde foram apresentadas iniciativas brasileiras de garantia da alimentação para estudantes durante o período de pandemia.

ENTREGA

As escolas da rede pública estadual recebem os kits dos fornecedores e operacionalizam o processo de entrega, que passa pela higienização dos kits e segue um protocolo de segurança sanitária. As entregas são acompanhadas pelos gestores escolares, pelas Direcs e Diretorias Regionais de Alimentação Escolar (DRAE). Cada família será avisada pela escola sobre a retirada do kit, com dia e horário marcados para a retirada acontecer.

As famílias que encontraram dificuldade em deslocamento para retirada dos kits recebem a cesta em casa. “Nos distritos mais distantes, estamos levando os kits aos alunos. A escola informa à Direc e nós organizamos as rotas. Nenhum aluno fica sem receber”, explica Patrícia Carol, diretora da 6ª Direc, que reúne as escolas da região de Macau.

CESTA VERDE

Até o final deste ano, a SEEC organizará mais uma distribuição de kits de alimentação para os 217 mil alunos da rede estadual, sendo esta composta exclusivamente por itens da agricultura familiar. Chamada de Cesta Verde, o valor inicial deste investimento será superior a R$ 4 milhões. Trata-se da maior aquisição de produtos originários do campo já realizada pelo Governo do RN, garantindo a geração de renda de pequenos produtores e cooperativas.

As quatro entregas representarão um total superior a 750 mil kits, que corresponderá a mais de 6 mil toneladas de alimentação distribuídos pelo Governo do RN.

ASSECOM/SEEC-RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário