27 de agosto de 2020

Paulo Guedes perde poder para dois ministros militares

 

Paulo Guedes, Luiz Eduardo Ramos, Walter Braga Netto e Jair Bolsonaro

Com sua agenda neoliberal perdendo força, Paulo Guedes vê os generais Luiz Eduardo Ramos e Walter Braga Netto se tornarem ainda mais fortes no governo. Os dois têm sido os principais conselheiros de Jair Bolsonaro e têm defendido medidas divergentes das de Guedes.

 Bolsonaro disse que rejeitou a proposta apresentada pelo Ministério da Economia para criação do programa Renda Brasil e alegou estar insatisfeito com os cortes de programas como o abono salarial para financiar o projeto. Também disse que o texto não será enviado ao Congresso.

Para este programa, a equipe econômica do governo sugeriu um pagamento que gira em torno de R$ 250. Bolsonaro estaria querendo algo próximo dos R$ 300, para deixar um valor mais distante dos R$ 190 pagos, em média, por família no programa Bolsa Família, uma das principais marcas dos governos do PT. 


247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário