2 de junho de 2020

Presidente do TSE se reúne com presidentes dos TREs e acena com realização das eleições nos dias 15 de novembro e 6 de dezembro

Em vídeo, Aécio volta a criticar Dilma no Dia do Trabalho

Os dois turnos das eleições de outubro deverão acontecer em 15 de novembro e 6 de dezembro, com horário alongado começando a votação uma hora mais cedo, às 7 da manhã, e tetminando às 8 da noite.
O uso da biometria para identificação dos eleitores também poderá ser suspenso.
Mas caberá ao Congresso Naciona aprovar uma emenda constitucional estabelecendo essas alterações.
Foi o que acenou o novo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, em reunião nesta segunda-feira com os presidentes de tribunais regionais dos estados.
“As eleições não serão fáceis, mas com alegria e serenidade seremos capazes de realizá-las com sucesso”, disse Barroso.
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, desembargador Glauber Rêgo, participou da reunião que aconteceu por videoconferência.
“Ao contrário do que imaginávamos no início da pandemia, a Justiça Eleitoral vem conseguindo cumprir todas as etapas do processo, inclusive o alistamento eleitoral, que foi o nosso grande desafio”, disse Glauber, que desde março conduz remotamente os trabalhos do TRE.
O ministro Luís Roberto Barroso pediu empenho dos presidentes dos TREs em dois pontos que considera essenciais para a organização das Eleições Municipais de 2020: a manutenção das urnas e o remanejamento.
“Aqui no Rio Grande do Norte iremos começar a manutenção das urnas já nos próximos dias. Já solicitei à Secretaria de Tecnologia da Informação para iniciarmos esse trabalho que será feito de forma presencial. Iremos adotar todas as providências para preservar a saúde dos servidores”, disse Glauber Rêgo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário