12 de maio de 2020

Weintraub defendeu a prisão de ministros do STF em reunião citada por Moro

 Abraham Weintraub e ministros do STF
No vídeo da reunião ministerial apontando pelo ex-ministro Sergio Moro como a que Jair Bolsonaro teria pressionado por interferência na Polícia Federal, que foi exibido nesta terça-feira aos investigadores, o também ministro Abraham Weintraub, da Educação, defendeu a prisão de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).
247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário