14 de abril de 2020

Sem vacina contra coronavírus, mundo deve ter quarentena prolongada ou alternada até 2022, diz estudo

Pacientes curados por coronavírus foram infectados pela segunda vez
As estratégias intermitentes de distanciamento social talvez precisem ser empregadas até 2022 para evitar que o novo coronavírus continue a colocar em risco os sistemas de saúde mundo afora, indica um estudo assinado por pesquisadores da Universidade Harvard, nos EUA. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário