30 de abril de 2020

Bolsonaro pressiona Receita Federal a perdoar dívidas de “pastores” evangélicos

247 - Jair Bolsonaro está pressionando a Receita Federal para que as dívidas tributárias das igrejas evangélicas sejam na prática anuladas. Ele ordenou à equipe econômica “resolver o assunto”. So uma delas, a Igreja Internacional da Graça de Deus, tem R$ 144 milhões em débitos inscritos na Dívida Ativa da União

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário