6 de março de 2020

Justiça determina quebra de sigilo de computadores do 'gabinete do ódio', que divulgou ataques contra o STF

Resultado de imagem para Justiça determina quebra de sigilo de computadores do 'gabinete do ódio', que divulgou ataques contra o STF
A Justiça paulista determinou a quebra do sigilo de computadores usados para disseminar mensagens de ataque ao STF (Supremo Tribunal Federal) e a parlamentares do PSL que romperam com Jair Bolsonaro. 
Encontra-se sob investigação o “gabinete do ódio” que funcionaria nas salas do deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP), ligado a Eduardo Bolsonaro. 
O deputado paulista seria um dos braços do “gabinete” sediado no Palácio do Planalto, financiado com dinheiro público, informa a jornalista Mônica Bergamo em sua coluna na Folha de S.Paulo.

247
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário