4 de março de 2020

Governo mantém decisão de não fazer concursos públicos e aposta em servidores temporários

Paulo Guedes, ministro da Economia
O serviço público brasileiro está à beira de um colapso, com a decisão do ministro da Economia Paulo Guedes de não abrir novos concursos. A válvula de escape é a contratação de servidores temporários. A Medida Provisória apresentada pelo governo na última segunda-feira (2) aumenta o número de atividades cobertas por servidores temporários, em prazo de 6 meses a 4 anos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário