31 de março de 2020

Aras diz que pode ir à Justiça se Bolsonaro baixar decretos contra isolamento social

Augusto Aras
O Procurador-Geral da República, Augusto Aras, tem sido cobrado por partidos políticos e por outros membros do Ministério Público a se posicionar sobre as ações de Jair Bolsonaro na crise do coronavírus. 
Em entrevista ao Globo, Augusto Aras, afirmou que poderá recorrer à Justiça se Bolsonaro “vier a baixar um decreto contrariando a orientação da horizontalidade”. 
O Procurador-Geral refere-se ao isolamento social  recomendado pelo Ministério da Saúde, com base em dados técnicos e científicos, e de acordo com as Orientações da Organização Mundial da Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário