18 de fevereiro de 2020

Em vídeo, petroleiros contestam TST e afirmam que a greve está mantida

Os petroleiros decidiram manter a greve nacional e consideram inconstitucional a decisão do ministro Ives Gandra, que autorizou inclusive a demissão dos grevistas. "A FUP e seus sindicatos irão recorrer da decisão. A orientação é que os petroleiros mantenham a greve e sigam as recomendações dos sindicatos em relação às tentativas de intimidação e assédio dos gestores da Petrobrás. A greve é um direito garantido a todos os brasileiros pela Constituição de 1988, dentre eles os petroleiros", aponta nota da Federação Única dos Petroleiros. Confira o vídeo:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário