24 de fevereiro de 2020

Em desfile engajado, Mangueira critica fundamentalismo bolsonarista

Resultado de imagem para carnaval carioca, a Mangueira fez um desfile 2020A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Atual campeã do carnaval carioca, a Mangueira fez um desfile nesta noite com crítica clara a Jair Bolsonaro, aos falsos profetas e ao fundamentalismo religioso. Com um Jesus mostrado com rosto negro, sangue índio e corpo de mulher, a Mangueira criticou os "profetas da intolerância". O fundamentalismo cristão entrou na mira, segundo reportagem do Uol. "Não tem futuro sem partilha nem messias de arma na mão", cantaram os integrantes, em alusão ao presidente. Confira abaixo o samba enredo:
247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário