28 de janeiro de 2020

UNE e Ubes pegam vazamento das notas do Enem e anunciam ação judicial contra o MEC

 Iago Montalvão, Pedro Gorki e Abraham Weintraub
A União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) entrarão na justiça contra o ministério da Educação, após receber denúncias de que candidatos de vários estados tiveram acesso às suas colocações na manhã desta quarta-feira (28). 
Publicação das notas é ilegal pois contraria decisão judicial que suspendeu a divulgação dos resultados do Sisu, após seis mil estudantes reclamarem de erros nas provas. 
"Temos provas de que durante aproximadamente 3 minutos o resultado do #SISU foi divulgado no dia de hoje, demonstrando que o MEC descumpriu uma ação da Justiça Federal.  Além do Ministro da Educação desrespeitar os estudantes, ele desrespeita também a Justiça. Vem processo aí!"declarou  Pedro Gorki, presidente da UBES. 
247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário