19 de dezembro de 2019

Bolsonaro revela medo de que Flávio seja preso

 
Jair Bolsonaro revelou a aliados que teme a prisão do seu filho Flávio depois que vieram à tona as denúncias do Ministério Público do Rio de Janeiro sobfre a prática ilícita das rachadinhas em seu gabinete quando era deputado estadual. 
A ordem no Palácio do Planalto é para que ninguém do governo comentge o assunto em público. 
Supostamente, a preocupação é que "o tema seja explorado politicamente pelos partidos de oposição, gerando uma instabilidade desnecessária", como definiu um aliado de Jair Bolsonaro, segundo reportagem da Folha de S.Paulo. 
O ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, disse que existe "zero possibilidade" de a operação afetar o governo. "Negativo, zero possibilidade", ressaltou Ramos.
Na mesma linha, o ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, afirmou que "de jeito nenhum" ela pode prejudicar o andamento da máquina pública.
Nesta quarta-feira, após a deflagração da operação, Bolsonaro manteve-se calado sobre as graves denúncias contra seu filho.
A ordem no Palácio do Planalto é para que ninguém do governo comentge o assunto em público. 
Supostamente, a preocupação é que "o tema seja explorado politicamente pelos partidos de oposição, gerando uma instabilidade desnecessária", como definiu um aliado de Jair Bolsonaro, segundo reportagem da Folha de S.Paulo. 
O ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, disse que existe "zero possibilidade" de a operação afetar o governo. "Negativo, zero possibilidade", ressaltou Ramos.
Na mesma linha, o ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, afirmou que "de jeito nenhum" ela pode prejudicar o andamento da máquina pública.
Nesta quarta-feira, após a deflagração da operação, Bolsonaro manteve-se calado sobre as graves denúncias contra seu filho.
247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário