5 de abril de 2019

Médicos que substituíram os Cubanos já deixaram o Programa

Cerca de 15% dos médicos brasileiros que entraram no Mais Médicos após a saída dos médicos cubanos, saíram do programa nos primeiros 3 meses de atuação. Pelo menos 1.052 médicos que ingressaram no Mais Médicos entre dezembro e janeiro de 2018 ja abandonaram seus postos, em áreas isoladas do Brasil, onde médicos cubanos atuavam com infraestrutura muitas vezes precária e com falta de material. A chegada dos cubanos foi duramente criticada por muitos brasileiros por estarem ocupando vaga de profissionais brasileiros, mas parece que ninguém quer assumir os postos que eles ocupavam. Agora resta a questão: quem vai trabalhar com as comunidades rurais, indígenas e mais afastadas que não tem atendimento médico?
Fonte: Ministério da Saúde- midianinja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário