12 de fevereiro de 2019

Carga de frutas com cocaína seria exportada por empresa pernambucana criada em novembro passado

As investigações feitas no Porto de Natal nos últimos dias terminaram na maior apreensão de cocaína no Rio Grande do Norte.
Foi na madrugada de hoje quando a Polícia Federal, com apoio da Receita Federal, apreendeu 1.275 quilos de cocaína em caixas de frutas que estavam em um contêiner que seria embarcado para a Holanda.
Ninguém foi preso.
O embarque das frutas com os 998 tabletes da droga seria hoje.
As investigações terão prosseguimento para identificar os donos da carga ilícita.

Segundo fontes do setor, a empresa que fazia o envio da carga foi constituída em novembro do ano passado no Estado de Pernambuco, e tinha como função a exportação de manga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário