4 de outubro de 2018

TOFFOLI VOLTA A SILENCIAR LULA E CENSURAR MÍDIA

Rosinei Coutinho/SCO/STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, decidiu, mais uma vez, censurar a imprensa e silenciar o ex-presidente Lula, afrontando decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU; provocado por uma nova decisão do ministro Ricardo Lewandowski, em defesa da liberdade de expressão, Toffoli despachou pedindo para que fosse cumprida liminar do ministro Luiz Fux, que proibiu entrevistas de Lula; embora o comitê da ONU tenha garantido os direitos políticos de Lula e também de conceder entrevistas, ele foi proibido de votar, de ser votado e também de falar ao povo brasileiro que seu candidato é Fernando Haddad.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário