9 de outubro de 2018

Morto por bolsonarista, capoeirista é enterrado aos gritos de 'EleNão'


:
O enterro de Mestre Moa do Katendê, morto brutalmente a facadas por um bolsonarista, aconteceu sob forte emoção no fim da tarde desta segunda (8); Mestre Moa foi enterrada sob gritos de "EleNão", referência ao movimento contra Bolsonaro, o #EleNão, e acompanhado por cantos-pontos da capoeira e das religiões afro: "Olha o negro, sinhá/Mataram o negro!" e "Ôooooo, a liberdade pela cidade"; Caetano Veloso, Daniela Mercury e outros artistas repudiaram o assassinato e destacaram a relevância de Mestre Moa na cultura baiana; o governador Rui Costa exigiu apuração rigorosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário