30 de setembro de 2018

BOLSONARO AGORA DIZ QUE ACEITARÁ DERROTA PARA HADDAD, MAS NÃO LIGARÁ PARA CUMPRIMENTÁ-LO

Depois de dizer que não aceitaria um resultado das urnas que não fosse sua vitória, colocando-se como golpista, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) agora afirma que respeitará uma eventual derrota para Fernando Haddad, mas deixou claro que não terá postura civilizada; “Eu não ligaria para cumprimentá-lo”, afirmou; na pesquisa CNT/MDA, divulgada neste domingo (30), Haddad já tem cinco pontos de vantagem sobre Bolsonaro no segundo turno .
247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário