19 de agosto de 2018

BARROSO NÃO PODE AGIR CONTRA LULA, APONTA DEFESA

Alan Marques/ FOLHAPRESS/0619

Em entrevista à TV 247, os advogados Cristiano Zanin Martins e Waleska Teixeira Martins, que obtiveram uma vitória histórica junto ao Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas, que garante os direitos políticos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, apontam a primeira consequência concreta: o relator da candidatura no Tribunal Superior Eleitoral, Luis Roberto Barroso, já não pode mais propor a sua impugnação; "A decisão é obrigatória e vincula a todos", diz Waleska; Zanin adverte ainda que, se houver qualquer descumprimento, a defesa estará pronta para reagir em todos os foros; "o ministro Barroso tem conhecimento jurídico e prefiro acreditar que ele dará cumprimento a esta decisão".
247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário