1 de junho de 2018

CAOS DE PARENTE REDUZ PROJEÇÃO DO PIBINHO PARA 1,5%


Política desastrosa de Pedro Parente na Petrobras vai custar caro ao País; de 16 instituições financeiras ou consultorias ouvidas pelo jornal Valor Econômico, 12 revisaram para baixo a projeção para o crescimento do PIB deste ano. Com isso, a estimativa média caiu de 2,25% para 1,86%; já não são tão raras projeções mais próximas de 1,5%; frase bastante ouvida entre os analistas é a de que o ano seria "daqui para pior"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário