1 de abril de 2018

APOIADOR DO GOLPE, FHC VÊ RISCO DE MORTE DA DEMOCRACIA NO BRASIL

RENATO ARAUJOA/Br
"A ansiada renovação de conduta deve ter início na campanha e se traduzir num novo governo capaz de fazer o País recuperar a confiança no seu futuro", diz o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que apoiou o golpe de um consórcio de ladrões contra a presidente Dilma Rousseff;  "Caso contrário, temo, podemos enveredar por descaminhos que, cedo ou tarde, nos levem a governos não democráticos, de direita ou de esquerda. A história dos últimos 20 anos mostra que a democracia pode morrer sem que necessariamente haja golpes de Estado e supressão de eleições", afirma, sem se desculpar pelo golpe que já aconteceu.
247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário