2 de agosto de 2020

Procuradores de Curitiba, que elegeram Bolsonaro, hoje se dizem arrependidos

Editor do Intercept aponta contradição dos procuradores da Lava Jato

– Os procuradores da chamada "República de Curitiba", que instrumentalizaram o Poder Judiciário e ajudaram a derrubar a ex-presidente Dilma Rousseff e a eleger Jair Bolsonaro, com a prisão política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, estão arrependidos do apoio ao bolsonarismo. É o que informa o colunista Guilherme Amado, da revista Época.
"Os procuradores da Lava Jato em Curitiba que votaram em Jair Bolsonaro em 2018, acreditando que o PT desmontaria a engrenagem de combate à corrupção, têm afirmado privadamente que se arrependeram do voto. Consideram que Bolsonaro está trabalhando deliberadamente para matar não só a Lava Jato, mas todas as condições que permitiram seu surgimento", diz ele, em sua coluna
247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário