2 de outubro de 2019

Globo parte para a guerra aberta contra Lula

Neofascistas que apoiam Bolsonaro atacam a Globo e pedem o linchamento de seus profissionais
A Globo expliciou, nesta quarta-feira, que atua como principal pilar do golpe continuado contra a democracia brasileira que passou por três etapas: a deposição ilegal da ex-presidente Dilma Rousseff, a prisão do ex-presidente Lula sem provas e a retirada de seus direitos políticos. O plano previa a volta do PSDB ao poder, mas o resultado foi o governo de extrema-direita Jair Bolsonaro, que, em aliança com evangélicos e emissoras de televisão de segunda linha, hoje trata a Globo abertamente como inimiga.
Embora o plano tenha fracassado, a Globo se mantém firma na sustentação do ódio ao ex-presidente Lula, que é apontado como preso político pelos maiores juristas do Brasil e do mundo. É o que faz o jornal O Globo, em editorial publicado nesta quarta-feira.
247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamos aguardando seu comentário