4 de setembro de 2018

DODGE AFRONTA ONU E PEDIRÁ QUE PT DEVOLVA DINHEIRO DO FUNDO PARTIDÁRIO

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, não se cansa de fustigar o PT na campanha eleitoral de 2018; mais uma vez, afrontando a ONU, que exigiu o respeito aos direitos políticos de Lula, ela pedirá que o TSE mande o partido devolver aos cofres públicos o dinheiro gasto na campanha presidencial enquanto o anúncio da substituição por Fernando Haddad não ocorrer; a sigla repassou R$ 20 milhões do fundo eleitoral à chapa presidencial – e desembolsou R$14,4 milhões para programas de rádio e TV.