10 de maio de 2018

Depreciação do real joga pá de cal na 'recuperação' dos golpistas; 2018 morreu


: <p>casa da moeda</p>
<p>dinheiro</p>
<p>notas</p>

Os economistas Gilberto Borça Jr. e Letícia Magalhães destacam que apesar da lenta recuperação a retomada da economia esperada para 2018 ainda não aconteceu; segundo eles, os níveis de incerteza sobre os rumos da economia estão acima da média histórica e a incerteza sobre as eleições possuem um peso significativo acerca da retomada do crescimento; a desalavancagem das empresas, os juros elevados e a disparada da taxa de câmbio ajudam a explicar o fracasso da economia; "Para este ano, devido à elevada incerteza, parece difícil a reversão do cenário, pelo menos até outubro. Talvez seja hora de pensar em 2019", destacam.