11 de julho de 2017

Oposição vai ao embate contra a reforma trabalhista e obstrui sessão



O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), tomou o microfone na senado Fátina e tentou retirar as demais senadoras da mesa, mas sem sucesso. Ele, então suspendeu a sessão e mandou desleigar o som. A transmissão ao vivo também foi suspensa. A temperatura se elevou e alguns parlamentares partiram para a ofensas e o empurra-empurra deu início.

"Está encerrada a sessão e não tem som enquanto não sentarmos nesta Mesa. Esta suspensa a sessão", disse Eunício, que mandou fechar todas as entradas de acesso ao plenário e cercou o lugar de seguranças, proibindo qualquer novo acesso à sala. 

Ele deixou o local por volta de 12h20, rumo ao gabinete da presidência e disse que a sessão estava encerrada e que, inclusive, as luzes foram apagadas e microfones desligados. 
As senadoras da oposição Grazziotin (PcdoB-AM), Fátima Bezerra (PT-RN) e Gleisi Hoffmann (PT-PR) ocuparam a mesa-diretora do Senado em protesto contra a reforma