10 de março de 2017

O golpe jogou o Brasil na turbulência

Colunista do 247 Emir Sader diz que o Brasil, sob a direção do governo golpista, escolhe a contramão do desenvolvimento; "Ao invés de aprofundar as relações com os governos próximos da região, provoca conflitos com eles. Ao invés de aprofundar as relações com os Brics, com a China e com a Rússia, o país se distancia desse novo polo dinâmico da economia e da reorganização das relações políticas internacionais", diz Sader; "Em lugar de construir proteções diante das turbulências econômicas e políticas internacionais, o governo golpista e suas desastradas políticas econômica e internacional, deixa o país indefeso, ao assumir a política econômica responsável pela recessão internacional e ao desmontar a política de alianças que nos protegia das convulsões do bloco sob direção dos EUA"