1 de outubro de 2020

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 



Com relação a mais nova Fake News criada por uma página anônima, que tem feito ataques infundados contra o prefeito e candidato à reeleição Ronaldo Souza, cumpre esclarecer:

Na manhã desta quinta-feira, a página “Água Nova Desmaquiada” publicou no Instagram mais uma notícia mentirosa, ao qual dizia que o prefeito Ronaldo Souza estaria passando por uma "saia justa na prestação de contas do fundeb”, anexando a imagem FALSA de um Percentual de Aplicação em MDE sobre a receita Líquida de Impostos, o que não representa o percentual verdadeiro do município de Água Nova.

A título de informação, vale frisar que a Constituição Federal determina uma aplicação mínima anual de recursos nas áreas de educação e saúde. Dessa forma, o cumprimento da aplicação do mínimo constitucional deverá ser comprovado no encerramento do exercício. Para a Educação deverão ser aplicados, no mínimo, 25% da RLI. Pois bem, o perfil Fake lançou que o município de Água Nova teria investido apenas 23,68% da RLI em educação, anexando a imagem, possivelmente, de outro município.

Como mostra a imagem extraída de relatório publicado na Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN, o município de Água Nova não só cumpriu o Limite Constitucional de 25%, como ultrapassou, aplicando 33,16%, como mostra a imagem abaixo.

A principal medida contra a desinformação é a divulgação da verdade de forma rápida e efetiva, ou seja, fazer a informação verdadeira chegar até as pessoas. Para isso, é preciso agir com rapidez e esclarecer os fatos ao público, denunciar a rede de mentiras e exigir investigação rigorosa pela Justiça Eleitoral para punir os autores e os financiadores das desinformações.



fonte:https://juniorlauopinativo.blogspot.com/

Governadora Fátima Bezerra anunciou adiantamento do 13º salário dos servidores




A governadora Fátima Bezerra anuncia o adiantamento de 40% do pagamento do 13º salário de 2020 de todos os servidores ativos e inativos do Estado. Os outros 60% serão quitados até dezembro deste ano. 

Além disso, a governadora determinou a prioridade à equipe econômica do #GovernodoRN de trazer uma proposta de pagamento das duas últimas folhas deixadas pela última gestão e programa iniciar o pagamento em atraso no início do próximo ano.

30 de setembro de 2020

Governo federal avisa que a partir de hoje mais de 5 milhões de pessoas não receberão mais auxílio emergencial

 Como o que é bom dura pouco, e quando a esmola é grande o pobre desconfia, quase metade dos brasileiros que não são cadastrados no Bolsa Família, mas que receberam auxílio emergencial, não vão mais receber.

São 5,7 milhões de brasileiros que não vão receber as novas parcelas de 300 reais do auxílio que começam a ser pagas nesta quarta-feira.

Detalhe: O governo federal só informou nesta terça-feira e o pagamento de mais uma parcela começa a ser paga nesta quarta-feira.

Previsão de confusão nas agências da Caixa a partir desta quarta-feira.

O governo justifica que cruzou dados e descobriu pessoas fora dos critérios iniciais e das regras mais restritas da nova fase.

Só que essas pessoas vinham recebendo.

Já entre os beneficiários do Bolsa Família, 3 milhões de pessoas também foram excluídos do auxílio sob justificativa que o Bolsa Família voltou a ser mais vantajoso.

O problema é que não combinaram com os russos.

O auxílio emergencial, como vinha sendo pago, rendeu índices altos de popularidade ao presidente Bolsonaro.

Mais de 4 milhões de famílias tiveram como única renda, em agosto, o auxílio emergencial, segundo estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, o Ipea.

Thaisa Galvão

29 de setembro de 2020

Secretraria de Meio Ambiente de Água Nova participará da Operação AMA

  

A Secretaria de Meio Ambiente  de Água Nova atendeu  o chamamento do IDEMA para participar do Programa AMA,  que tem como objetivo  planejar ações de educação ambiental  e   de promover ações que incentivem a prevenção às práticas de queimadas e aos focos de incêndios nos municípios potiguares.  As ações teve inicio na manhã dessa terça-feira (29).

 O Programa é dirigido pela Subcoordenadoria de Planejamento e Educação Ambiental (SPEA/IDEMA),  onde  a  SEMMA-Água Nova,  ira colaborar na divulgação do Programa, publicando todo o material publicitário nas redes sociais, também  divulgando em carro de som e  fixação desse mesmo material que será impresso e afixado em pontos públicos e privados, bem como  , divulgar o material em áudio, em nossa rádio comunitária Esperança FM. 

Esse é o primeiro momento de atuação SEMMA - Água Nova junto ao Programa nesse final de setembro.

Em Outubro, estaremos  dando continuidade de apoio ao Programa AMA  apresentando  sugestões e idéias que possam contribuir na conscientização mais rápida e  possível   de combate as queimadas e incêndios criminosos.

Fonte: https://meioambiente2019.blogspot.com/

Governo do Estado inicia recuperação da RN 177


Ontem( 28), o Governo do Estado deu inicio a recuperação da RN- 177, trecho Pau dos Ferros- Encanto-- São Miguel- Coronel João Pessoa- Venha Ver,incluindo a rua  Joel Praxedes no Bairro Riacho do Meio, em Pau dos Ferros.


Benaldo - GAC; Flaubert Sepran- Genilson - DER / PDF ;Paulo Pereira - gerente Central do cidadão PDF 
Fernando - Detran PDF




Cinco pontos para ficar atento hoje no debate entre Trump e Biden



 Durante o debate dessa  noite  Donald Trump e Joe Biden procurarão provar que o adversário não é apto para governar os Estados Unidos. O portal UOL retransmitirá o evento, em uma parceria com a CNN Brasil.

Assim, mais do que defender as próprias qualidades ou propostas, vão mirar em desconstruir o outro, o que deve tornar o duelo particularmente agressivo. Seguem os 5 pontos para você prestar atenção:

1. Com 77 anos, Biden é apenas 3 anos e 5 meses mais velho que Trump. Mesmo assim, o presidente se dedicará a provar que o rival “envelheceu mal”, não é rápido o suficiente nem articula bem as ideias.

Gago na infância, Biden de fato não tem a mesma fluência e domínio de cena de Trump, ex-apresentador do reality show “O Aprendiz”. 

2. Biden se aproveitará de revelações publicadas em livros e reportagens para tentar demonstrar que Trump não está à altura do cargo. Em particular a reportagem publicada nesse domingo pelo jornal The New York Times, que retrata o presidente como um empresário fracassado e sonegador de impostos.

Entre os livros mais recentes, que descrevem o presidente como alguém que coloca seus interesses pessoais e sua vaidade acima do país, estão: “The Room Where It Happened” (“A Sala Onde Aconteceu”), de John Bolton, ex-chefe do Conselho de Segurança Nacional; “Too Much And Never Enough” (“Demais e Nunca Suficiente”), de Mary Trump, sobrinha do presidente e psicóloga; e “Rage" (“Fúria”), do jornalista Bob Woodward.

3. Trump procurará provar que, apesar do perfil moderado de Biden, sua candidatura e eventual governo foram capturados pela “esquerda radical”, e usará como evidências disso suas propostas de "New Deal Verde", substituição das fontes de energia fósseis por renováveis e não-poluidoras, ao custo de US$ 2 trilhões; de reforçar a Lei de Assistência Acessível, ou Obamacare, que impõe regulações sobre os planos de saúde, como o atendimento de doenças preexistentes; aumento de impostos para grandes empresas e famílias de renda alta; obrigatoriedade do uso de máscaras e restrição da circulação das pessoas, onde for necessário para conter o coronavírus; o deslocamento de verbas da polícia para programas sociais e protestos violentos contra o racismo em algumas cidades administradas por democratas; e a própria escolha de Kamala Harris, que abraçou propostas da esquerda democrata, como sua vice.

O candidato democrata deve reiterar que é a favor dos protestos, não da violência, e que os distúrbios ocorrem “na América de Trump”, não na dele. 

4. Os dois disputarão o legado do alto crescimento e desemprego baixo, antes da pandemia. Trump dirá que a economia americana nunca tinha tido indicadores tão bons, incluindo para as minorias negra e hispânica, quanto no seu governo.

Biden lembrará que foi o governo de Barack Obama que colocou a economia americana nos trilhos, e que coube a ele, como vice, elaborar e colocar em prática o pacote de resgate de empresas e famílias da crise financeira em 2009. 

5. Biden argumentará que o déficit comercial dos Estados Unidos em relação à China nunca foi tão alto quanto sob o governo Trump, rebatendo as acusações do presidente de que ele seria complacente com a China.

O candidato democrata apresentou um plano que combina impostos mais altos para empresas americanas que produzem no exterior e incentivos para bens fabricados nos EUA, para atrair os empregos de volta. Trump, por sua vez, diz que ninguém foi tão duro quanto ele com a China, e que mudou o acordo comercial com o Canadá e o México, assinado no governo democrata de Bill Clinton, para torná-lo mais proveitoso para os EUA.

Biden provavelmente acusará Trump de ser complacente com o presidente russo, Vladimir Putin, e prometerá uma política externa assertiva.

CNN

28 de setembro de 2020

Parlamentares condenam tentativa de Bolsonaro de usar recursos do Fundeb em programa de renda

 

O governo do presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta segunda-feira 28 que pretende usar parte dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para bancar o novo programa social que substituirá o Bolsa Família.

O anúncio foi feito pelo relator da proposta de emenda à Constituição (PEC) emergencial, senador Márcio Bittar (MDB-AC).

“A proposta é que até 5% do novo recurso do Fundeb sejam também utilizados para ajudar essas famílias que estarão no programa a manterem seus filhos na escola”, declarou o parlamentar em reunião no Palácio da Alvorada.


Comunicação do governo federal sobre queimadas é falsa

 

Daniel Carvalho
BRASÍLIA


Na tentativa de se esquivar das críticas à política ambiental diante dos focos de incêndio na Amazônia e no Pantanal, o governo de Jair Bolsonaro publicou neste sábado (26) uma comparação incabível e fez uma afirmação falsa, de que a área queimada no país é a menor dos últimos 18 anos.

“Mesmo com os focos de incêndio que acometem o Pantanal e outros biomas brasileiros, a área queimada em todo o território nacional é a menor dos últimos 18 anos. Dados do Inpe [Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais] revelam que 2007 foi o ano em que o Brasil mais sofreu com as queimadas”, publicou a Secom.

Antes vinculada à Presidência da República, mas agora sob guarda-chuva do Ministério das Comunicações, a Secom (Secretaria de Comunicação) comparou dados de oito meses deste ano com dados fechados de 12 meses dos anos anteriores.

A postagem feita no sábado foi reproduzida por autoridades como os ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e das Comunicações, Fábio Faria, e pelo senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho mais velho de Jair Bolsonaro (sem partido). O presidente não havia compartilhado a publicação até o início da tarde deste domingo (27).

Os mesmos dados já haviam sido publicados na quinta-feira (24) por Fábio Faria.

“Nada mais didático para que tenhamos um retrato claro dos últimos anos. Os números do Inpe estão aí para que todos possam ver a verdade”, escreveu o ministro acrescentando a hashtag #AcreditenoBrasil.

Faria também publicou uma imagem com o total, por ano, de focos de incêndio. Nesta publicação, não há menção a 2020.

Procurada pela Folha, a Secom disse que “expôs os dados que estão à disposição, sem ocultar nada” e que “o que passa disso é ilação falaciosa do jornal”.

Os dados do Inpe são públicos, estão na internet, são gratuitos e de fácil compreensão.

De janeiro a agosto de 2020, houve registro de 121.318 km² em todo o Brasil. Este dado é utilizado na publicação da Secom. No entanto, para o 2019, a Secretaria de Comunicação usa como dado os 318.389 km² que queimaram durante todos os 12 meses do ano passado.

Se utilizasse o mesmo período de tempo que é possível para 2020 —de janeiro a agosto—, a área queimada, ainda assim, seria maior em 2019, primeiro ano da gestão de Bolsonaro, 131.327 km².

Porém, fazendo a comparação entre os mesmos períodos de 2003 a 2020, o governo teria que informar que 2020 teve mais área queimada que os anos de 2008, 2009, 2011, 2013, 2014, 2015, 2017 e 2018.

A Folha contestou a resposta inicial da Secom com estes dados, mas não houve manifestação até a publicação desta reportagem.

Se for feito um recorte dos dois biomas que mais têm sofrido com queimadas no momento, Pantanal e Amazônia, 2020 é um ano ainda mais complicado.

Até agosto, já foram queimados 18.646 km² no Pantanal este ano. Número que perde apenas para 2005, quando 20.219 km² foram queimados.

Na Amazônia, o Inpe registara 34.373 km² de área queimada entre janeiro e agosto deste ano. É menos que os 43.573 km² queimados no mesmo período de 2019, também no governo Bolsonaro. Mas é mais do que ficou em chamas nos anos de 2008, 2009, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2017 e 2018.

“Se a metade da energia que o governo gasta tentando criar uma realidade paralela fosse empregada no combate ao crime ambiental, o problema do desmatamento e das queimadas já estaria resolvido”, disse, por meio de sua assessoria, o secretário-executivo do Observatório do Clima, Marcio Astrini.

Para Cristiane Mazzetti, porta-voz da campanha da Amazônia do Greenpeace, ao fazer comparação entre dados de anos fechados com apenas oito meses de 2020, o governo demonstrar querer fazer uma guerra de narrativas em vez de enfrentar a gravidade das queimadas no país.

“Da Amazônia ao Pantanal, o patrimônio dos brasileiros segue sendo consumido rapidamente pelo fogo. É desonesto minimizar tamanha crise ambiental que resulta em impactos econômicos, sociais e ambientais”, afirmou Mazzetti.

O site do Inpe também permite fazer a comparação do total de focos ativos de queimadas detectados pelo satélite de referência em cada mês, no período de 1998 até 26/09/2020.

De janeiro até este sábado, eram 151.779 focos em todo o país, mais que os 143.734 registrados entre janeiro e setembro do ano passado.

Até sábado, o Pantanal já registrava um total de 16.667 focos ativos de queimadas, mais do que a soma dos 12 meses de 2019 (10.025).

Setembro de 2020, mesmo ainda não completo, também já tem o maior registro de queimadas na história do Pantanal, 6.514 focos de incêndio até o dia 26. O recorde total anterior era de agosto de 2005, com 5.993 focos de calor.

Há meses a situação já se mostrava crítica. O período mais úmido do Pantanal teve pouca chuva e 2020 teve o primeiro semestre com maior número de queimadas no bioma. Julho também teve o maior registro de fogo e agosto manteve elevado número de focos de calor, próximo ao recorde.

Na Amazônia, até sábado eram 73.459 focos de incêndio, ante 66.749 entre janeiro e setembro de 2019, ano que fechou com 89.176 focos de queimada registrados.

O bioma perdeu uma área equivalente a 270 mil km² entre os anos 2000 e 2018. No período, a maior floresta tropical do planeta viu desaparecer 8% de sua cobertura, substituída, principalmente, por áreas de pastagem, segundo números das Contas de Ecossistemas: Uso da Terra nos Biomas Brasileiros (2000-2018), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgados na quinta-feira.

27 de setembro de 2020

Coligação "Juntos de Novo" encabeçada por Ronaldo Sousa e Neném de Duba dão inicio a campanha nas redes sociais

 Começou hoje a campanha nas redes sociais e  Ronaldo Sousa e Neném de Duba saem na frente  mostrando um pouco da história de vida de cada um para o eleitor aguanovense.



Fátima Bezerra: "O RN vai crescer ainda mais

 

"Desde o início da pandemia nós priorizamos os cuidados com a saúde da população, mas em momento algum abandonamos o diálogo com o setor produtivo.”

Confira o artigo da Governadora na edição de hoje da @tribunadonorte: “O RN vai crescer ainda mais”. 

👉🏾 http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/o-rn-vai-crescer-ainda-mais/490980

26 de setembro de 2020

OMS: mortes por Covid-19 podem dobrar para 2 milhões antes de vacina


 Agência Brasil - O número de mortes causadas pelo novo coronavírus pode dobrar para 2 milhões antes que uma vacina bem-sucedida seja amplamente distribuída, e pode ser ainda maior sem uma ação conjunta para conter a pandemia. A afirmação foi feita pelo chefe do Programa de Emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Mike Ryan, nesta sexta-feira (25)

Geólogo acusa o governo Bolsonaro de dar carta branca para o desmatamento

 ..


Sputnik – Segundo geólogo e professor de Gestão Ambiental Pedro Luiz Côrtes, além de perpetuar práticas culturais nocivas, o governo brasileiros incentiva o desmatamento ao desmontar as estruturas de fiscalização.

25 de setembro de 2020

O Advogado João Venancio candidato a Prefeito pelo PT em Antonio Martins está desaparecido

 

O candidato a prefeito de Antônio Marins/RN, o advogado João Venâncio, está desaparecido, Familiares compareceram nessa sexta-feira(24) a Delegacia de Polícia Civil em Alexandria/RN para fazer registro do Boletim de Ocorrência (BO), antes de fazer a comunicação fizeram procura em hospitais, delegacias e outros locais.

De acordo com informações o Sr. João Venâncio saiu de Antônio Martins na tarde de ontem com destino a Pau dos Ferros/RN e sumiu, sendo encontrado seu veículo abandonado as margens da BR 405 próximo a Pau dos Ferros, apenas com documentos do registro de sua candidatura.

http://uiraunanet.com.br/

24 de setembro de 2020

Em seminário da ONU sobre educação, Lula cita Paulo Freire e critica 'dogma do estado mínimo



Em discurso no Webinário "Educação e as Sociedades Que Queremos", evento com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva citou o filósofo Paulo Freire (1921-1997), declarado Patrono da Educação brasileira, em 2012. O ex-presidente também criticou a agenda ultraneoliberal, que se implantou no Brasil após o golpe contra Dilma Rousseff, em 2016, e está baseada no corte de direitos e investimentos, com o objetivo de abrir espaço para o setor privado atuar na execução de políticas socioeconômicas. 

"Neste mês de setembro, iniciamos as comemorações do centenário de nascimento do educador Paulo Freire. Foi meu amigo, nasceu na mesma região que eu, no estado de Pernambuco, e foi companheiro na criação do Partido dos Trabalhadores", disse Lula. 

"Das muitas lições que Paulo Freire nos deixou, duas são frequentemente destacadas. A primeira é a noção de que aquele que educa também está sendo educado. É um conceito que só poderia ser formulado por quem tinha a grandeza de respeitar a sabedoria dos humildes e reconhecer a existência do outro, acima das barreiras sociais e preconceitos. A segunda lição é a de que a Educação é libertadora no mais amplo sentido que pode ter a palavra liberdade", acrescentou. 

Em um contexto de congelamento de investimentos públicos, o ex-presidente afirmou que, mesmo quem defendia "rigidamente a austeridade fiscal", entendeu que "o momento é de gastar porque a vida não tem preço e que a economia deve existir, afinal, em função das pessoas, não apenas dos números". 

"E é o estado, em última análise, que pode proporcionar recursos e organizar a sociedade para atravessar este momento tão difícil. Esta é, a meu ver, uma grande lição que a pandemia está nos ensinando. O dogma do estado mínimo é apenas isso, um dogma, algo que não encontra explicação nem se justifica na vida real. O mito do deus mercado é apenas um mito, pois uma vez mais ele se revela incapaz de oferecer respostas para os problemas do mundo em que vivemos", continuou Lula. 

Ministério Público quer afastamento imediato de Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente

 

247 - A Procuradoria está exigindo o afastamento imediato do ministro do meio ambiente Ricardo Salles, por "desestruturação dolosa" das políticas ambientais. 

O pedido foi anexado nos autos da ação civil apresentada em julho que pede a saída do ministro do governo, informa o jornalista Fausto Macedo no Estado de S.Paulo. 

Segundo a procuradora Marcia Brandão Zollinger, o perigo da demora em julgar o pedido de afastamento é fundamentado no fato de que a permanência do ministro ‘tem trazido, a cada dia, consequências trágicas à proteção ambiental, especialmente pelo alarmante aumento do desmatamento, sobretudo na Floresta Amazônica’.

“Caso não haja o cautelar afastamento do requerido do cargo de Ministro do Meio Ambiente, o aumento exponencial e alarmante do desmatamento da Amazônia, consequência direta do desmonte deliberado de políticas públicas voltadas à proteção do meio ambiente, pode levar a Floresta Amazônica a um ‘ponto de não retorno’, situação na qual a floresta não consegue mais se regenerar”, apontou a procuradora.

O MPF apresentou dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) que apontam a derrubada de 1.658 km² de Floresta Amazônica em julho de 2020. No mês passado, foram 1.359 km².

23 de setembro de 2020

Poeta Francisco de Assis(Água Nova) terá participação em programa na rede Globo

 



O Poeta Francisco de Assis, assim como, a  Associação dos Voluntários da leitura, divulgaram hoje em suas redes sociais, o anúncio da participação de Francisco no programa de Fátima Bernardes ( O Encontro), que será exibido próxima segunda-feira(28), às 10.

Empresária que combate o racismo é a mulher mais rica do Brasil



 Dona da rede de lojas Magazine Luiza, Magalu, a empresária Luiza Trajano tem patrimônio avaliado em R$ 24 bilhões. Ela ocupa a 8ª posição na lista da revista Forbes, sendo a única mulher entre os top 10 da lista de bilionários no Brasil. A companhia tem sido alvo de elogios e críticas depois de anunciar um processo de seleção trainees exclusivamente para negros.

247

Candidatos/as Isolda Dantas ( Mossoró) e Salismar Correia ( Pau dos Ferros) se comprometem a não soltar fogos de artifícios em suas campanhas

 

Idolda Dantas(centro)

Dr. Salismar Correia


Dr. Salismar , pré candidato  (Solidariedade) destacou que faz tempo que defende essa bandeira e até acha que a justiça eleitoral deveria proibir essa prática, haja vista que o estampido causa diversos males à saúde das pessoas e dos animais.  

Nós da coligação Mossoró que o povo quer (PT, PCdoB, PROS, PV e Avante) nos comprometemos em não soltar fogos de artifícios sonoros no decorrer das nossas atividades. Bem como afirmamos nosso apoio às pessoas idosas, com deficiência e aos animais. A defesa de uma Mossoró de todos não deve se limitar a palavras, mas ser mostrada como ações”, garantiu Isolda.
 

Segundo especialistas, “o barulho dos fogos de artifício deixa os animais desesperados. Eles fogem, machucam-se, têm ataques de pânicos, desmaios, apresentam problemas neurológicos ou cardíacos, e alguns chegam até a falecer, tamanho é o estresse causado pelos ruídos dos fogos”.

Além dos animais, existem as crianças recém-nascidas, pessoas autistas e idosos, que são atingidos pelo barulho ensurdecedor das explosões e, ainda, um gasto desnecessário de dinheiro.


Fontes: Blog do Capote

Mossoró Hoje

22 de setembro de 2020

Bolsonaro choca o mundo com discurso na ONU e é chamado de mentiroso

 

Internautas, políticos e personalidades públicas criticaram o discurso mentiroso de Jair Bolsonaro na ONU, que culpa indígenas por incêndios e Venezuela por óleo no Nordeste. “Mentira deslavada”, disseram as postagens:

Veja a repercussão: 

 

 

 

 

 

 

Bolsonaro mente sem pudor na ONU: culpa indígenas por incêndios e Venezuela por óleo no Nordeste

 

Jair Bolsonaro usou sua tribuna na 75ª Assembleia Geral das Nações Unidas para mentir descaradamente e voltou a culpar indígenas pelas queimadas. "Índios queimam em busca de sobrevivência", disse. Ao rebater críticas à sua política ambiental, ele afirmou que o Brasil "foi vítima de um criminoso derramamento de óleo venezuelano". Também fez ataques à imprensa.

247

Sesap divulga dados da Covid-19

 


A taxa de ocupação dos leitos Covid no Rio Grande do Norte, até    ontem,  (21), era de 42%. São 249 pacientes internadas em leitos críticos e clínicos, confirmados ou suspeitos com a doença respiratória, em instalações públicas e privadas no estado. 


A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) soma um total de 67.217 casos confirmados da doença, 31.719 suspeitos e 132.816 descartados. Em relação aos óbitos decorrentes da Covid-19, até o momento, foram registrados 2.352 e há 312 óbitos em investigação. Nenhum óbito nas últimas 24 horas.


Nas Regiões de Saúde, a ocupação está distribuída da seguinte maneira: a Metropolitana está com 38%, Oeste com 50%, Alto Oeste com 90%, Seridó possui 44%, Trairi/Potengi tem 18% de ocupação e as regiões do Mato Grande e do Agreste potiguar não possuem pacientes internados em leitos de UTI. 


Conforme apontava o Regula RN - Sistema de Regulação do Acesso à Assistência em Saúde do estado -, até o meio-dia, oito pacientes (seis críticos e dois clínicos) aguardam por leitos; outras 10 pessoas esperam transporte para serem removidos.


TRANSMISSIBILDADE 


Segundo os dados do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o índice R(t) - que determina o potencial de propagação do vírus – está em 1,09 para o RN como um todo. Porém, essa taxa de transmissibilidade está acima de 1 nas regiões do Alto Oeste (1,06), Vale do Açu (1,07) e Agreste (1,15). No Seridó e Oeste, regiões nas quais era possível observar a taxa acima de 1 ao longo das últimas semanas, é registrada uma transmissibilidade de 0,94 e 0,95, respectivamente; no Mato Grande, o índice é de 0,83, na Região Metropolitana de 0,86, e no Trairi/Potengi de 0,83.


Natal (RN), 21 de setembro de 2020.


GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA

21 de setembro de 2020

Flávio Bolsonaro foge de acareação com Paulo Marinho e aparece dançando em programa de Sikêra Jr

 

Flávio Bolsonaro e Eduardo Bolsonaro estavam no programa do apresentador bolsonarista Sikêra Júnior em Manaus, onde cantaram uma música homofóbica contra os “maconheiros”. Flávio se ausentou da acareação marcada pelo MP do Rio no âmbito do processo de interferência do governo na PF

Segundo o empresário Paulo Marinho, Flávio Bolsonaro contou que Victor Granado, advogado do senador filho de Jair Bolsonaro, soube da operação com antecedência por um delegado da Polícia Federal e o avisou.

Flávio estava no Amazonas. Ele e o deputado federal Eduardo Bolsonaro estavam no programa do apresentador bolsonarista Sikêra Júnior. Eles apareceram dançando e cantando uma música contra os “maconheiros”.

247


Hoje (21) é dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência

 



 De acordo com informações  do senador Paulo Paim( PT_RS), mais de 45 milhões de brasileiros tem algum tipo de deficiência.

Para Paim, o Estatuto da Pessoa com Deficiência foi criado para mostrar que essa parcela da população tem a mesma dignidade e direito que outro cidadão qualquer.

O senador também falou sobre a lei de cotas e "ameaças de retrocesso” que vêm acontecendo.

— Em quase 30 anos de existência, a chamada lei de cotas para pessoas com deficiências nunca sofreu tantos ataques como agora. Alegam que as empresas não encontram pessoas com deficiência com qualificação profissional. Isso não é verdade. E se for o caso, é só contratar e qualificar, como muitos setores estão fazendo.

Segundo Paim, 98% das pessoas com deficiência estão no mercado de trabalho por conta das cotas.


Centrais do Cidadão ampliam atendimentos presenciais em nove cidade do RN

 


Serviços do DETRAN serão  retomados em Assú, Currais Novos, Nova Cruz, Parelhas e São Paulo do Potengi. Do Itep, em Canguaretama,Mossoró, Nova Cruz e Pau dos Ferros.

UERN acaba com lista tríplice para escolha de dirigentes acadêmicos

 O Conselho Universitário (Consuni) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) aprovou  o fim da necessidade de composição de lista tríplice para os cargos de diretor de Unidade Acadêmica e chefes de Departamento Acadêmico.

Com a decisão do colegiado, a lista tríplice para estes cargos deixa de existir. Como havia previsão no Estatuto da UERN, os conselheiros aprovaram uma emenda acabando com a obrigatoriedade.

A proposta de alteração do estatuto ao Consuni foi feita pelo gabinete da reitoria, contando com apoio dos segmentos acadêmicos da universidade e dos conselheiros do Consuni. Sem a lista, quem ficar em primeiro na escolha dos segmentos acadêmicos será nomeado dirigente.

Com o fim da lista tríplice na escolha interna de dirigentes, a comunidade universitária aguarda agora aprovação de lei estadual garantindo o fim da lista tríplice também para os cargos de reitor e vice-reitor da universidade, compromisso já assumido pela governadora Fátima Bezerra (PT).

20 de setembro de 2020

Destruição ambiental no Pantanal e na Amazônia já atinge Sul e Sudeste

 



Após relatos de chuvas escuras no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, o céu de São Paulo foi encoberto, neste sábado (19), por uma grande nuvem de fumaça proveniente do Pantanal e de incêndios que atingem também o interior do estado e outros países sul-americanos. 

​A névoa derrubou os índices de qualidade do ar na capital paulista, aumentando as chances do fenômeno da chuva escura na maior cidade do país, tal qual ocorreu no ano passado, devido às queimadas na Amazônia.

Os problemas verificados em São Paulo devem se estender para Minas Gerais e Rio de Janeiro, segundo meteorologistas.

Os focos de incêndio no Pantanal bateram recorde para um mês apenas nos primeiros 16 dias de setembro. O fogo avança sobre parques nacionais, terras indígenas e plantações. As chamas se espalham por vários estados no Centro-Oeste e no Norte do país, no Pantanal e na Amazônia, além de devastarem também territórios da Bolívia e do Paraguai. 

​Acusado de não dar a devida atenção ao problema, o governo federal afirma que, desde o final de julho, as Forças Armadas vêm atuando para combater as chamas na região do Pantanal e, neste sábado (19), o vice-presidente, Hamilton Mourão, minimizou o alcance das queimadas na Amazônia, afirmando que elas não são do nível das verificadas na Austrália e nos Estados Unidos e que há desinformação e interesses econômicos e políticos por trás das notícias sobre os incêndios.

247

19 de setembro de 2020

PF intima Moro a depor no dia 2 de outubro sobre atos antidemocráticos



 A defesa do ex-ministro Sergio Moro informou nesta sexta-feira (18) que recebeu intimação para que ele preste depoimento, na condição de testemunha, no âmbito do inquérito que investiga atos antidemocráticos, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF). O depoimento deve ocorrer em 2 de outubro, às 13h, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

"A oitiva é motivada em razão de ele ter ocupado, à época dos fatos, a titularidade do Ministério da Justiça e Segurança Pública", diz a nota divulgada pela defesa.

cnn

18 de setembro de 2020

Bolsonaro ataca professores e diz que eles não querem trabalhar

 




Revista Fórum - Jair Bolsonaro atacou professores durante live presidencial realizada nesta quinta-feira (17) ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. O ex-capitão defendeu o retorno às aulas e criticou sindicatos.

Para eles está bom ficar em casa", disse Jair Bolsonaro em sua live semanal pelas redes, acrescentando que os sindicatos de "quase todo" o Brasil são de "esquerda radical"

Hoje mandei uma mensagem pro ministro Milton para se preparar e começar a orientar, já que a decisão é de governadores e prefeitos, para que se volte às aulas no Brasil. É inadmissível, perdemos o ano letivo”, disse o ex-capitão, repetindo uma declaração na quarta-feira em que afirma que o Brasil é o país que teve o maior lock-down em escolas.

Na sequência, ele emendou em um ataque aos professores, que estão tendo que se desdobrar pra lidar com o ensino remoto durante a pandemia. Segundo o presidente, os sindicatos de educadores são de “esquerda radical” e defendem o “Fica em Casa” para trabalhar menos e não pelo risco de contágio que a aglomeração nas escolas representa.