21 de setembro de 2017

TEMER LEVA DE 10 A 1 NO STF E SERÁ JULGADO COMO CHEFE DE QUADRILHA NA CÂMARA

Nelson Jr./SCO/STF | Marcelo Camargo/Agência Brasil

Supremo Tribunal Federal decidiu nesta quinta-feira, 22, por 10 votos contra 1, enviar de imediato à Câmara dos Deputados a segunda denúncia contra Michel Temer, por chefiar uma organização criminosa; a partir de agora, caberá à Câmara decidir se autoriza que a Suprema Corte julgue o caso, conforme determina à Constituição; entendimento do STF contraria pedido feito pela defesa de Temer, que pretendia suspender o envio da denúncia para esperar o término do procedimento investigatório, iniciado pela PGR, para apurar ilegalidades no acordo de delação da JBS, além da avaliação de que as acusações se referem a um período em que o presidente não estava no cargo, fato que poderia suspender o envio.

Humor: Já faz muito tempo que é assim!

PARA QUEM FALAM OS MILITARES?

"A entrevista do comandante do Exército a Pedro Bial não serviu para dissipar, e sim para acentuar a percepção de que a fala do general Mourão não foi uma solilóquio mas a expressão de uma disposição latente no meio militar. Em que extensão é que ninguém sabe", avalia a colunista do 247 Tereza Cruvinel sobre a postura do general Eduardo Villas Bôas, que afirmou que o general Antonio Hamilton Mourão não será punido por defender uma intervenção militar no País; "Quem são os destinatários do aviso de que eles poderão resolver a crise política se os poderes constituídos não o fizerem? Talvez o primeiro destinatário seja a Câmara, que em breve julgará a segunda denúncia contra Michel Temer", diz Tereza.

247

Dilma usará 2ª denúncia sobre Temer em sua defesa

A defesa da ex-presidente Dilma Rousseff no processo que pede a anulação do impeachment vai usar em sua argumentação a segunda denúncia de Rodrigo Janot contra o presidente Michel Temer.

O ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, que é o advogado dela no caso, em tramitação no STF (Supremo Tribunal Federal), viu uma oportunidade no trecho em que o então procurador-geral da República relaciona dois fatos: o apoio do "quadrilhão do PMDB" à queda da petista e à tentativa do grupo de barrar a Operação Lava Jato.
O argumento de Cardozo é que Dilma foi alvo de retaliação, o que invalidaria o impeachment.
"Não se pode tratar o impeachment como se fosse uma ilha dissociada de tudo", diz o ex-ministro. Para ele, a conexão entre fatos apontada na denúncia do procurador é "mais um indício da nulidade do processo contra Dilma".
A defesa da petista vai utilizar a denúncia contra Temer durante o julgamento do mandado de segurança, que ainda não tem data marcada. 
blogdomagno

20 de setembro de 2017

O fim da FARSA está perto de ser desmascarada

Reforma Política: Distritão foi rejeitado 238 X 205 votos

Foi rejeitada na noite de ontem, 19/09, a proposta de mudança do sistema eleitoral para o chamado Distritão. Essa proposta, que está dentro da PEC 77, foi rejeitada por 238 votos contrários a 205 votos favoráreis, e precisava de pelo menos 308 para ser aprovada.
O que diz o Distritão
Pelo sistema distrital misto, o eleitor vota duas vezes: uma vez em candidatos que concorrem em um dos distritos no qual foi dividido o estado; e outro vez em candidatos de uma lista preordenada apresentada pelos partidos. Metade das vagas deve ser preenchida pelos mais votados nos distritos (sistema majoritário).

Já o “distritão” prevê a eleição dos mais votados em cada estado, que será então transformado um único grande distrito.
Conforme acordo entre os partidos, os deputados votarão agora, em outra sessão, os destaques apresentados à PEC 282/16, que trata das coligações partidárias nas eleições proporcionais e da imposição de cláusulas de desempenho para acesso a recursos do fundo partidário e ao tempo de propaganda em rádio e TV. 

19 de setembro de 2017

PESQUISA CNT: LULA É FAVORITO E VENCE EM TODOS OS CENÁRIOS PARA 2018

RICARDO STUCKERT
Pesquisa da Confederação Nacional do Transporte mostra o ex-presidente Lula como o favorito para a eleição presidencial de 2018; petista lidera em todos os cenários pesquisados; na espontânea, Lula tem praticamente o dobro das intenções do deputado Jair Bolsonaro, com 20,2% contra 10,9%; o prefeito João Doria tem apenas 2,4%; nas três situações simuladas de 1º turno, Lula tem 32% e vence todas, com Bolsonaro em segundo e Marina Silva na terceira colocação; nos cenários de 2º turno, Lula também não é ameaçado e derrota Bolsonaro, Aécio Neves, Geraldo Alckmin e Doria com folga. 247

O Trâmite no Brasil

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A crise do preso Henrique Alves

Henrique pede que justiça libere um milhão para custear contas da família

Preso desde junho, Henrique Eduardo Alves pediu ao juiz Vallisney Oliveira, de Brasília, que libere R$ 1 milhão confiscado pela Justiça, relata a Época.
O dinheiro, argumenta a defesa de Alves –um dos acusados de integrar o “quadrilhão” do PMDB–, é para custear despesas básicas da família dele. Comenta Thaisa Galvão em seu blog

18 de setembro de 2017

Imagem de Cunha chegando agora a pouco em Brasília circula Net




A imagem pode conter: texto

O “fora Temer!” só não é escutado no Congresso e no STF

Agência Brasil | Reprodução
É quase uma unanimidade nacional; um verdadeiro clamor que só não é defendido por menos de 3% da população brasileira; 97% quer o “fora Temer!”.
O “fora Temer!” é uma manifestação onipresente e onisciente. Está nas esquinas, nos cafés, nos bares, nas conversas de vizinhos, nas filas de banco, nas gôndolas dos supermercados, nos ensaios musicais, nas peladas de futebol, nos estádios, nos terminais de ônibus, nas filas dos mictórios públicos, nas vilas, nos tiroteios entre traficantes e policiais.
Bastam 3 pessoas reunidas e, se alguém grita “fora Temer!”, o encontro restrito e particular vira uma assembléia pública massiva gritando “fora Temer!”, “fora Temer!”, “fora Temer!”.
O “fora Temer!” se converteu numa espécie de saudação entre as pessoas. Quando alguém pergunta: “E aí, tudo bem?”, a resposta é “fora Temer!, tá tudo bem”.
Os gaúchos e paulistas, por exemplo, adotaram uma resposta original para responder à saudação “E aí, tudo bem?”.
Os gaúchos, por razões que a óbvia realidade regional impõe, respondem: “fora Temer, Sartori e Marchezan!, está tudo bem”. Os paulistas, por seu turno, respondem: “fora Temer, Alckmin e Dória!, tá tudo certo”.
No Rock in Rio não foi diferente. Uma multidão humana aderiu à campanha “believe earth” lançada pela modelo Gisele Bündchen gritando incansavelmente “fora Temer!”, “fora Temer!”, “fora Temer!”.
O “fora Temer!” é um sucesso nacional e internacional. O “fora Temer!”, todavia, só não é escutado onde deveria, que é no Congresso e no STF.
Não há nada de anormal nisso. Afinal, tanto o Congresso quanto o STF integraram a engrenagem do golpe jurídico-midiático-parlamentar perpetrado em 2016 através do impeachment fraudulento da Presidente Dilma.
O establishment, que exerce o poder econômico, o poder judicial, o poder midiático, o poder político, o poder parlamentar e o poder cultural, já decidiu que não terá “fora Temer!”.
A oligarquia golpista está decidida a derreter o Brasil até o fim.
JEFERSON MIOLA

17 de setembro de 2017

Minha filha Lynn que faz Aniversário nesse domingo é Capa do Blog a Tromba

A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos de sol e close-up

"Quando entrar setembro
E a boa nova andar nos campos
Quero ver brotar o perdão
Onde a gente plantou."..
Da música Sol de primavera de Beto Guedes
Parabens!!! Feliz Aniversário



A FRASE DO DIA

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto

GEDDEL VAI DELATAR TEMER

REUTERS/Ueslei Marcelino | Divulgação/PF
Pivô da maior apreensão de dinheiro sujo da história do Brasil, com os R$ 51 milhões encontrados em seu bunker em Salvador (BA), o ex-ministro Geddel Vieira Lima, que era braço direito e articulador político de Michel Temer já decidiu delatar; pelo menos, essa é a convicção do Palácio do Planalto, onde se sabe que Temer é um dos alvos principais; por isso mesmo, Temer quer tentar liquidar a segunda denúncia de Rodrigo Janot, por obstrução judicial e organização criminosa, antes que Geddel, o "boca de jacaré", decida falar; uma das suspeitas é de que o dinheiro do bunker pagasse propinas a deputados da base de Temer, que apoiaram o golpe de 2016. 
247

Morreu Marcelo Rezende

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, texto

O jornalista Marcelo Rezende morreu, às 17h45 deste sábado (16), em São Paulo, aos 65 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos em consequência de um câncer, informou o Hospital Moriah.

16 de setembro de 2017

LULA O homem mais poderoso do País


Ricardo Stuckert: <p>Lula</p>


"O homem mais poderoso do país não é o mais temido. Senão, seria Sérgio Moro. Mas quando a Lava Jato acabar seu poder também findará. Lula é o único brasileiro que pode se eleger, a qualquer momento, o que quiser: vereador, prefeito, deputado, senador, governador, presidente da República. Em qualquer cidade de qualquer estado do país. Ele não depende de nada de fora dele para ter poder. Seu poder é pessoal e intransferível", afirma o colunista do 247, Alex Solnik.

15 de setembro de 2017

NOVA DENÚNCIA É FLECHA GROSSA E STF DEVE AUTORIZAR ENVIO À CÂMARA

Alan Santos/PR

A segunda denúncia de Rodrigo Janot contra Miguel Temer é flecha grossa.  É mais consistente que a primeira, que o acusou de corrupção passiva mas não provou que ele era o destinatário dos R$ 500 mil da mala de Rocha Loures.  É mais forte quando trata da chefia de organização criminosa do que ao falar em obstrução da Justiça.  As avaliações correntes,  de que a maioria de Temer na Câmara garantirá sua rejeição, são precipitadas. A base já não é um colosso unido, como em agosto,  e está ressentida com o “calote” do governo nos compromissos firmados naquela ocasião; leia a análise de Tereza Cruvinel.
247

Sindicalistas recebem relator da reforma trabalhista, dep Rogério Marinho com protesto em Mossoró

A charge da sexta


14 de setembro de 2017

PGR DENUNCIA AGRIPINO, MORALISTA SEM MORAL, POR PROPINAS DE R$ 2 MILHÕES

O senador Agripino Maia (DEM-RN), que vestiu camisa amarela nos protestos contra a corrupção que levaram ao golpe de 2016, foi denunciado ontem pela procuradoria-geral da República por corrupção passiva; o motivo: as propinas de R$ 2 milhões que ele teria recebido das empreiteiras envolvidas na construção da Arena das Dunas, em Natal (RN); Agripino é também acusado de lavagem de dinheiro pela Polícia Federal, mas nega participação no esquema

13 de setembro de 2017

Respostas de Lula ao Juiz Moro

Image result for Respostas de Lula ao Juiz Moro -
"Meritíssimo, Vossa Excelência acha que eu, em troca do que fiz para todos os brasileiros, dos mais miseráveis aos mais ricos, sem nenhuma luta de classes, sem nenhuma revolução sangrenta, a ponto de entregar meu governo com aprovação de 80%, e com esse reconhecimento nacional e mundial todo, iria me comprometer recebendo como recompensa um tríplex que mal vale R$ 2 milhões e um sítio de terceira categoria? Se eu quisesse recompensa pelo simples cumprimento de minhas obrigações como presidente da República, e se eu sou o maior corrupto deste país, como a mídia poderosa anda espalhando por aí, eu seria o dono e usufrutuário, com tudo passado em cartório, com tudo faturado e pago, de um conjunto de bens à altura dessa fama toda. Eu seria o dono da cobertura de Sérgio Cabral, na praia do Leblon, do apartamento de Fernando Henrique na Avenue Foch, em Paris, da mansão do dono do Banco Safra, que valem, respectivamente, 20, 20 e 200 vezes o tal tríplex de Guarujá. Em vez do sítio em Atibaia, eu teria a suntuosa fazenda de Fernando Henrique em Minas Gerais, ou um aeroporto privado construído com o dinheiro público, como Aécio Neves. Eu teria ligações com o tráfico de drogas e armas, com o PCC. Eu teria a mansão de 1.100m2 dos donos da Globo em terreno de 29 hectares da Marinha em área de proteção ambiental, com praia privativa, em Paraty. Eu teria ainda haras, helicóptero, jatinho, iate, tudo de alto luxo, uma grande coleção de obras de arte de alta cotação no mercado. Eu seria o dono do maior museu particular de arte sacra do Brasil na cobertura do finado Antônio Carlos Magalhães. Eu teria ainda o império de José Sarney no Maranhão. Eu seria tão rico quanto Jorge Bornhausen, Sílvio Santos, Paulo Maluf. Eu teria uma fazenda com 500.000 cabeças de gado, como o banqueiro Daniel Dantas. Eu teria a casa da Dinda e uma frota de carros os mais luxuosos e sofisticados, como Fernando Collor. Eu teria um bom punhado de ações do Banco Itaú, do Bradesco, do Safra, do Santander e de várias empresas que não pagam impostos e sonegam à Previdência Social. Eu teria muitos milhões de reais aplicados em ouro, renda fixa e depósitos em paraísos fiscais. Eu seria o dono de um império midiático para receber polpudas verbas de propaganda do governo. O que é que eu tenho, Excelência? Onde é que eu moro, Dr. Moro? Será que não posso continuar tomando minha cachacinha, comendo minha mortadela, meu churrasco? Será que não vou poder mais sair pelas ruas e cair nos braços do povo, esse povo que tanto deseja que eu volte ao Planalto? Será que eu vou ser condenado e preso sem prova?" E virando-se para Deltan Dallagnol: "isso é justo, Sr. Procurador?"

Senado aprova Projeto de Lei que regulamenta os Agentes de Saúde

Image result for imagem o Senado Federal, aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 56/2017
o Senado Federal,  aprovou nessa quarta-feira o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 56/2017, que regulamenta a atuação dos agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias. Ficou definida em 40 horas a jornada das duas categorias, dividida em 30 horas semanais para as atividades externas de visita domiciliar e outras ações de campo e mais 10 horas semanais para atividades de planejamento e avaliação das ações. 

COM APOIO POPULAR, LULA TEM NOVO DUELO COM MORO

Foto: Ricardo Stuckert
O ex-presidente Lula e o juiz Sergio Moro se encontrarão novamente nesta quarta-feira (13), às 14h, em Curitiba, em função da ação penal na qual o petista é acusado de receber propina da Odebrecht. Em apoio ao ex-presidente, a Frente Brasil Popular realizará um ato a partir das 15h, na Praça Generoso Marques, no centro da capital paranaense. "Eles só querem inviabilizar a candidatura de Lula pois sabem que, se Lula concorrer, irá se eleger presidente, por vontade do povo. Portanto, eles querem criminalizá-lo em um processo arbitrário e sem provas. Ele tem direito de ser candidato. Eleição sem ele é fraude", afirma o presidente da CUT, Vagner Freitas.

247

12 de setembro de 2017

QUEM VAI FAZER O POWER-POINT DO TEMER?

Marcelo Camargo/Agência Brasil | Reprodução
"A Polícia Federal está convencida de que o ocupante do Planalto era o líder inconteste do grupo integrado por Eduardo Cunha, Henrique Alves, Moreira Franco, Eliseu Padilha e Geddel Vieira Lima.  Todos os grandes negócios do esquema careciam de sua anuência e de sua palavra final sobre o destino do butim, fossem eles com a JBS, com as  empreiteiras ou outras empresas", diz a colunista Tereza Cruvinel; segundo ela, Temer apodreceu e era ele quem mereceria um power-point como o feito pelo procurador Deltan Dallagnol.
247

11 de setembro de 2017

Tromba-music APRESENTA: BNegão & Os Seletores De Frequência - O Mundo (Panela De Pressão)


NÃO É UM JULGAMENTO. É UMA CRUCIFICAÇÃO

RICARDO STUCKERT
"Quando se tem uma sentença firmada, investigação, julgamento, defesa, acusação, tudo isso é secundário. O importante é produzir espetáculo suficiente para tornar o veredito uma coisa que papagaios repitam e ouvidos predispostos aceitem", diz o professor Regis Moraes, doutor em ciência política pela Unicamp, no quinto artigo da série Em Defesa de Lula; "Faz anos, Lula tem sua vida investigada e repassada. Não acham contas na Suíça, nem fazendas em Minas Gerais ou apartamentos em Paris, não está na lista de Furnas nem constrói aeroportos na fazenda que não tem. Em tempos em que malas se multiplicam mais do que os peixes da Bíblia, nenhuma dessas malas é de Lula", afirma; segundo ele, Lula está sendo crucificado, sem direito a defesa.

Capa do Pasquim de 1982 " O BRASIL FALIU "

Imagem
Para se ter uma ideia de que a realidade  da Política brasileira sempre foi falida e  corrupta, basta ver essa edição  do Pasquim de 1982 , retratava o que se revela  nos dias de hoje.

 O Pasquim foi um semanário alternativo brasileiro, de característica paradoxal, editado entre 26 de junho de 1969 e 11 de novembro de 1991, reconhecido pelo diálogo entre o cenário da contracultura da década de 1960 e por seu papel de oposição ao regime militar.
Image result for amarelinho bar rio de janeiro

 "Eu encontrava sempre a turma dos Pasquim no final da tarde no Amarelinho da Cinelândia tomando um chopp gelado e um bom bate-papo,  e de cortesia  ganhava um exemplar que acabara de ser impresso ."
           Lee Dantas

O que fere a dignidade da Nação é ter Temer e Aécio soltos


Ueslei Marcelino/Reuters: <p>Michel Temer Aécio Neves</p>
O jornalista Joaquim de Carvalho, um dos editores do DCM, postou um vídeo em que lembra que, enquanto setores da sociedade comemoram a prisão de Joesley Batista, o que fere a dignidade da Nação é o fato de Michel Temer e Aécio Neves estarem soltos

10 de setembro de 2017

Joesley e Ricardo Saud se entregaram na sede da PF em São Paulo

O empresário Joesley Batista, dono da JBS, e o lobista Ricardo Saud, cuja prisão foi decretada pelo ministro Edson Fachin por violação do acordo de colaboração premiada, se entregaram na sede da Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo; Saud foi o primeiro a chegar; por volta de 14h, Joesley chegou. Ambos chegaram à PF em carros particulares; prisão dos delatores foi ordenada por Fachin a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot; os dois acusaram Michel Temer de receber propinas da JBS. brasil247

Advogado de Joesley é visto em boteco com Rodrigo Janot em Brasília

Image result for Janot é visto com advogado de Joesley em boteco

Rodrigo Janot e o advogado Pierpaolo Bottini, que defende Joesley Batista, tiveram um encontro fora da agenda num boteco de Brasília, neste sábado.
O Antagonista obteve com exclusividade o registro fotográfico feito por um frequentador do local.
A testemunha diz que ambos conversaram por mais de 20 minutos. Para não chamar atenção, escolheram uma mesa de canto, ao lado de uma pilha de caixas de cerveja. Janot não tirou os óculos escuros:

Ministro pede prisão de Joesley Batista e Ricardo Saud

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, determinou a prisão dos empresários Joesley Batista e Ricardo Saud, delatores da JBS; Fachin negou o pedido de prisão do ex-procurador Marcello Miler; pedidos de prisões foram feitos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, após divulgação de conversas entre Joesley e Saud que apontam suposta participação do ex-auxiliar de Janot na negociação do acordo de delação premiada do grupo J&F; termo de delação prevê que o acordo perderá efeito se, por exemplo, o colaborador mentiu ou omitiu, se sonegou ou destruiu provas

9 de setembro de 2017

Direto do Facebook : Era uma vez...

Era uma vez... Um rei que não tinha herdeiros e decidiu escolher seu sucessor entre o povo. Para isso, bolou um desafio e convidou todos os que quisessem a participar. Quem resolvesse o problema proposto, levaria o trono. Os candidatos eram recebidos um de cada vez numa sala pelo rei, e de lá saíam intrigados e frustrados. É que na sala havia apenas uma mesa de centro com um valiosíssimo, riquíssimo e caríssimo vaso chines. 
O rei apontava para este vaso e dizia: "Este é o problema". Sem entender nada, uma multidão de pessoas se retirava de lá sem entender que resposta o rei pretendia ouvir, porque em vão buscavam alguma letra ou número ou enigma na estampa carregada de pedras preciosas.
Até que um dia (toda história tem isso)... um homem entrou na sala, o rei apontou para o vaso e repetiu como sempre: "Este é o problema".
Sem titubear, o candidato retirou a espada da adaga e decepou com um só movimento o riquíssimo vaso, deixando-o em cacos no chão.
O rei o pegou pela mão, levou-o para a sacada e anunciou a todos que ali estava o novo rei.
MORAL DA HISTÓRIA: Se você tem um problema, não fique tentando decifrar detalhes e se perdendo em análises. Elimine-o.
É como eu vejo o golpe.
Dane-se Moro, dane-se Temer e todas as abominações que fazem. Se a gente derruba o golpe, eliminamos todos os problemas e um só contragolpe.
Tudo é questão de FOCO.

Ou Geddel entrega o chefe da quadrilha ou vai mofar na cadeia

:
"A julgar por sua primeira experiência em que a sua choradeira ao juiz lembrou a de Tiago Silva nos 7 a 1 ele não vai aguentar muito tempo sem abrir o bico. Eu, os procuradores, toda a PF, o diretor atual e o futuro sabem que ninguém é corrupto sozinho, a corrupção é um crime no qual só se obtém sucesso do tamanho que ele obteve trabalhando em quadrilha", diz o colunista Alex Solnik sobre os próximos dias de Geddel Vieira Lima, parceiro de Michel Temer; "Ele vai ter que explicar direitinho não só quem faz parte da sua quadrilha – se é que precisa. E Temer pensou que seu inferno astral tinha terminado depois do autogrampo de Joesley", diz Solnik 

8 de setembro de 2017

TRÊS OPERADORES DE TEMER QUE CONSTRUÍRAM O GOLPE CONTRA DILMA ESTÃO PRESOS

Pouco a pouco, o golpe de 2016, que destruiu a imagem e a economia do Brasil, vai terminando na cadeia; nesta sexta-feira, o mais boquirroto dos golpistas, Geddel Vieira Lima, foi preso após a descoberta de seu bunker com R$ 51 milhões em propinas; Eduardo Cunha, que acolheu a peça fraudulenta formulada pelo PSDB, está prestes a completar um ano em Curitiba; Henrique Eduardo Alves, o primeiro ministro a trair a presidente Dilma Rousseff, já superou três meses na cadeia; outros dois operadores de Michel Temer, Rodrigo Rocha Loures e Tadeu Filipelli, também foram presos, mas conseguiram sair; ao lado de Temer, que já foi denunciado por corrupção e será por obstrução judicial, restam aqueles que respiram por aparelhos, graças ao foro privilegiado. 247

Prefeituras recebem hoje parcela do FPM de Setembro

Image result for FPM de Setembro
As prefeituras recebem, hoje, o repasse do 1º decêndio do mês de setembro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor será de R$ 2.128.554.107,33, já descontada a dedução do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que, em valores brutos, isto é, incluindo a dedução do Fundeb, o montante repassado será de R$ 2.660.692.634,16.